quarta-feira, 12 de novembro de 2008

O preço do anonimato


Eu tava lendo há pouco sobre a (de novo) separação de uma artista que mais uma vez teve a cabeça enfeitada por uma galhada de chifres e cheguei a "brilhante" dedução de como é bom a gente ser anônimo.Essa coisa de ter nossa intimidade conhecida por poucos e, principalmente serem esses poucos nossos amigos, por que intimidade a gente não sai por aí dando um jeito para que saia publicada na revista Caras, é muito bom!
A gente pode quebrar a cara em escolhas infelizes, ter ou colocar chifres quantas vezes forem, tomar o nosso pilequinho se der vontade, passear num shopping de cara lavada e chinelinho baixo e outras coisas assim que fazem parte do nosso dia-a-dia, como andar de 20 por exemplo que, jamais e em tempo algum, veremos espocar um flash de indiscretos paparazzi na nossa cola. Deve ser muito ruim você já estar sofrendo os diabos e ver sua vida sendo devassada somente pela curiosidade dos outros( inclusive a minha, que fui lá ler a "notícia"..aff...rs).
Se bem que no caso desta artista em particular, ela até que "merece"( ô dó, Lilian...) um pouco de castigo, porque nunca vi mais aparecida nessa vida. Casou com tudo patrocinado, tendo que informar para a revista até o nome de quem fez os docinhos da festa só para aparecer!Eu acho isso um pouco demais para a minha cabeça. Mas, a vida é dela, ela fez as escolhas, inclusive de se expor e agora, vai ter que pagar o pato.
E viva nós, que somos só gente!

10 comentários:

Lê... disse...

Oi querriida!

É, o preço da fama, em função da atitude, de certos famosos é bem alto mesmo.
Noticiar o casamento é uma coisa,mas dar detalhes até dos docinhos é meio exagerado,não??rs

ps:Imagina tu ver seu chifre estampado numa capa de revista??Afff!!Estamapado na memória já e terrivel...eu heim!rs

Lê... disse...

Boa semana,bjo nos 2.

[ rod ] disse...

Ainda bem que nossa fama é bem pouca..r.s.s

Estou de volta moça e,


Venha conferir o início de tudo.

Venha sentir o gosto dos meus...

Traga também os seus.

O antigo blog O AveSSo dA ViDa agora se chama dogMas.


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

Paula disse...

Mirian, concordo com você! Imagina a gente sábado passado e um tanto de flashes espocando! Não ia dar de jeito nenhum...

beijocas, garotinha!

Maldita Futebol Clube disse...

è o preço da fama é ferrenho e ele é cobrado aos quatros cantos desse universo... nós, meros mortais aqui falamos, tá vendo Niterói é muito pequeno...não vacila que todo mundo te conhce, anda no trilho...rs lilian preciso pegar sua criatividade emprestada de vez em quando viu, e hoje, só hoje, não torce pro galonão, meu vasquim tá lá embaixo dá uma folga pra gente vai...rs beijokas...!

Evandro Varella disse...

Heheeh, vai aproveitando o seu anonimato... porquê pelo visto ele não vai durar tanto assim...
Entrando no google, já são mais de 700 páginas se referindo ao seu blog!!!
Beijos e muito sucesso!
Que venham os flashes e Amaury Jr

BRUNO LEONARDO disse...

Oi,linda

Sim,nada como o anonimato.
Como é bom ir ao boteco do lado com os amigos tomar chope e comer bolinho de aipim com carne-seca!!E casar,descasar,casar novamente....tudo coisa normal!
Falo mais ou mneos sobre isso no meu novo post!
bjs

Marcelo disse...

Tem gente que louva o binômio fama e dinheiro... eu dispenso a fama e me contento com o dinheiro. Realmente, eu não me aborreceria nem um pouco em ser um mega milionário desconhecido... Sabe do tipo que sai na rua, que falam o nome e o pessoal diz: - o famoso quem?
Isso me agrada..rs

Vanna disse...

A referida atriz já deveria saber q p/ sua idade os tipos q ela escolhe são inadequados. Poxa, já é bonita, bem cuidada, p/ q achar q ser jovem é pegar garotão e o q é pior achar q tem q casar, fica, curta, seja feliz e pronto.
Bjs

Pedro disse...

Realmente... se um corno é algo complicado, imagine um corno na CARAS. Bom mesmo é ter conta bancária de celebridade sem ser uma.
Quando eu crescer, é isso que quero pra mim.
Beijo!