sábado, 15 de novembro de 2008

A danada da auto-estima

Eu admiro muito pessoas que saem às ruas de uma forma que ( para o nosso padrão) fere as normas da estética. Para ilustrar o que estou dizendo tenho dois exemplos.O primeiro de uma moça que pega o 20 quase sempre no mesmo horário que eu, moça essa dona de bunda e coxas descomunais ( Mulher Melancia/Jaca/Abóbora, sei lá eu, é fichinha perto dela) e que TODO SANTO DIA está vestida com uma legging justíssima e com blusinhas de malha hiper decotadas que deixam as costas nuas e que consequentemente também deixam bem à mostra seu traseiro e uma tatuagem tribal na linha da cintura( para chamar mais ainda a atenção para o "derrière" dela, como se isso fosse necessário... rs). Um outro exemplo, foi um mocinho que vi um dia desses na rua, muito gordinho, sem pescoço e com um cabelo estranhíssimo, no estilo moicano( mas sem estar raspado do lado), todo prá cima e que não "combinava" em nada com o estilo das roupas( bem basicão) ou com o corpo dele, ou com ele propriamente dito.
E é aí que eu falo que eu admiro. Porque uma pessoa que sai assim de casa, se olhou no espelho, GOSTOU do que viu e foi à luta! Vocês podem até contra-argumentar dizendo que pessoas assim são sem noção. Eu discordo. Elas podem não estar dentro dos padrões estéticos aceitos, mas elas "se acham". Olham no espelho e devem pensar : uau, vou arrasar hoje! Ou seja, auto-estima em altura estratosférica!
Deve ser muito bom ser assim, ligar o "dane-se" e se achar! Tenho até uma pontinha de inveja( da boa, lembrem-se, a minha inveja é sempre aquela boa...rsrs) de quem assim o é. Muito embora eu duvide que algum dia eu tenha coragem de sair por aí em leggings, porque eu também sou dona de um traseiro avantajado( credo em cruz! rsrs) o que definitivamente não combina com calças assim!

19 comentários:

Vanna disse...

rsrs
Querida, fico c/ as duas situações, eles "se acham", não têm "cimancol" e apenas ligaram o "dana-se" o q vão pensar d mim. rsrsrs Eu sempre busquei o bom-senso, não quero c/ isso dizer q não dou minhas escorregadelas, (outro dia saí c/ uma blusa q ganhei e d q gosto, mas a danada é meio curta e meu abdomem não é assim, d modelo. rsrs Tenho q ficar toda hora abaixando a bicha. rsrsrs Alguém deve ter falado algo. rsrs
Bom, mas gosto dela pq deixa meus ombros bonitos.
Bjs, olha se naõ for cair no ridículo, ligue o "f" e seja feliz.
Bom fim d semana.

O Santo Forte disse...

Achei muito interessante essse seu post, mas essa mensagem é pra essa criatura que postou esse ridículo comentário , aceito por que quando nasci me disseram que eu tinha nascido no país livre coisa que duvido mas meu comentário não é sobre isso, gosto sim das pessoas que não se ligam em um padrão , o padrão globo de televisão admiro aquelas pessoas que não se deixo influenciar por certas pessoas, se todas pessoas se preocupassem com suas vidas o mundo séria melhor, aSsi a vida não é assim não é mesmo ( VANNA )

dÁ UMA PASSADA LÁ NO MEU BLOG http://apenas-umavez.blogspot.com

Lê... disse...

Eu tbm admiro,mas por outro lado acho que há aqueles que ultrapassam o limite do bom senso(rs),ao menos aos meus olhos!rs
Mas o importante é se sentir bem(!)o resto é só o olhar do outro mesmo...

beijão querida,e uma boa semana pra vcs.

valacomum disse...

Não sei se concordo ou descordo de você. Ao mesmo tempo que constato que essas pessoas ignoram o senso do ridículo, eu admiro a ousadia que elas têm de sair por aí vestidas dessa forma. Não acho que devemos nos curvar a ditadura da moda, mas podemos ter um estilo próprio sem ser patético. Não me parece que a questão seja de auto-estima elevada, mas sim de mau gosto mesmo.

Paula disse...

Lilian, vc, melhor do que ninguém sabe que o CPE vale para todas as situações! Agora, sinceramente, não sei se isso é auto-estima ou realmente a pessoa não está nem aí!

beijos, querida!

Maldita Futebol Clube disse...

pOIS É CADAUM NO SEU CADA QUAL, DIZIA O MALDANDRO BEZERRA DA SILVA, MALANDRO É MALANDRO...RS ACHO QUE O IMPORTANTE É NÃO SÓ SENTIR BEM , MAS ESTAR BEM CONSIGO MESMO PARA PODER FAZER O QUE ACHA QUE LÇHE É MAIS CONVENIENTE, E DEPOIS LILIAN SEVC TEM UM AVANTAJADO CAPOT DE FUSCA NA RETAGUARDA TEM MAIS É QUE ENFEITAR ELE...RS...MUITOS RS ,MUITOS, MAS MUITOP RS...BEIJOS ADORO SEU COTIDIANO EM CRÔNICAS, SEREI O PRIOMEIRO NA FILA DE AUTOGRFAFOS NÃO SE ESQUEÇA VIU?

Lilian Devlin disse...

Queridos,
É, vcs me colocaram para pensar, pode sim ter aí uma ponta de falta de senso...
Santo Forte, não entendi porque tanta "braveza" com o comentário da Vanna...Se nascemos em um país livre, com direito de fazer o que a gente quiser, "falar" o que der na telha, também tá incluído, não?
E, Leandro, menos né querido! Fila para autógrafos, ah, vc foi longe demais!! rsrsrsrs
Beijos meus queridos!

Marcelo disse...

Acho que a pessoa não tem é um senso crítico tão cruel quanto o seu. Tem gente que não se importa porque não vê mesmo. Isso é legal. O cara se diverte muito mais e se estressa muito menos.
Lembro de um conhecido que, quando eu era adolescente, ia para o meio da danceteria (vixe, pela palavra você vê que faz tempo.. rs) e dançava igual ao Renato Russo... detalhe: qualquer música.
Ficava um pessoal de longe achando ridículo, mas o cara se divertia mais do que o pessoal da crítica.
Eu tenho um senso crítico igual ao seu. Acho que tem coisa que não combinam com um homem da minha idade (bermudões coloridos, jeito de skatista, gírias, cabelão no meio das costas, camisas de estampas de surfista ou de conjunto de rock... Eu me sentiria péssimo usando isso).
Mas sabe de uma coisa?
Acho legal o cara que liga o F$*@&DA-SE e sai assim mesmo...
rs
rs

Abs

Evandro Varella disse...

Interessante, muito interessante.
Mas esse "se olhar e ir a luta", pode não ser só excesso de auto-estima, acho que uns 68,33% (viu a precisão, conforme pesquisa de Harvard) é falta de semancol mesmo! kkk
Adorei!
Bjs

Lê... disse...

Oiê!

Vim deixa um beijo e desejar que a semana seja 'pra lá de boa'!rs

\0/ \0/ abraço c/ carinho nos dois.

BRUNO LEONARDO disse...

Oi,linda

Que auto-estima que nada!...É gente cheia de problemas:cegos,não tem espelho em casa,mentiram pra eles e disseram que eram "bonitos"(e ele acreditou) ou realmnete é um "sem noção" .
Outro dia eu vi um camarada com essa moda ridícula de cueca aparecendo e calça lá embaixo...o que tem essa gente na cabeça??Auto-estima?E olha que eu sou Exagerado,hein,mas não pago mico!

Adorei o tema..
bjs

angel red disse...

Andando por aí cheguei aqui.
Cara,
eu acho que cada um faz o que quer e que gosto não se discute, mas o rídiculo se comenta. rsrs Tem mt gente sem noção por aí, mas se são felizes assim né?! Fazer o que? De fato é admiravel, o fato de "se acharem".
Bjoks

Dedinhos Nervosos disse...

Com relação ao gordinho moicano com roupa básica, eu assino embaixo. Até pq o cara poderia estar indo pro trabalho e nem sempre o estilo da roupa pode ser escolhido, já o cabelo é menos complicado. Acho bacana a atitude. Não é pq é gordo que não pode ser estiloso.

Já a Melancia do 20, decididamente detesto gente sem noção pra se vestir. E eu acho que isso seja ser sem noção mesmo. Pq ela poderia valorizar a "gostosura" dela de outro jeito. Se achar é uma coisa, poluir visualmente é outra.

Bj.

Leandro disse...

Adorei o post. Adoro essas cenas cotidianas, principalmente as tiradas de dentro do ônibus. Tenho saudades do tempo em que eu pegava ônibus mais freneticamente do que pego hoje.
Mas quem é sem-noção não pode ser considerado ousado. Ele é insano e ponto. O ousado age conscientemente; o insano é abençoado pelo sacramento da ignorância.
De qualquer forma, admiro ambos. Odeio ter que me vestir como as pessoas dizem que eu tenho que me vestir.

P.Winter disse...

Bom dia,Lilian

Vc admira as pessoas que saem às ruas ferindo as normas de estética??
Eu..tenho...MEEEDO!!!
Belo feriado!


Um beijo

O Profeta disse...

Esta carícia de fresca brisa
Transporta a beleza de Oriente
Uma voz doce cede ao silêncio
Esta aurora acorda finalmente

A sombra perdeu-se na luz
Escuto o pranto e o riso na bruma
Palavras fugindo ao sentido
Lembranças perdidas na espuma


Bom fim de semana



Mágico beijo

Pedro disse...

Ei, mas todo mundo tem o seu padrão de beleza. Tem alguém que gosta do pandeirão da moça de legging... tem alguma psicopata que acha o cabelo do rapaz fofinho. Tem doido pra tudo.
Mas você tem razão: não há nada melhor do que se olhar no espelho e achar que vai arrasar. Um dia quero pensar assim tb!
Beijo.

Lomyne disse...

Uai, mas é aquela história do "tem quem goste". Eu devo ser das 10 pessoas mais básicas da face da terra, não saio de casa assim de jeito nenhum...

Anônimo disse...

necessario verificar:)