terça-feira, 30 de setembro de 2008

Pelas perucas do Elton John!

Ontem eu vi num site, que está acontecendo uma feira de comésticos em São Paulo e que o nº de homens interessado no assunto vem crescendo ano a ano. E junto, tinha um filminho com um moço que entrou careca e saiu com os cabelos voando ao vento, porque havia se submetido a um novo método de implante, rápido e indolor e, teoricamente, mais "natural". E até que não estava assim gritando "ei, tô de peruca!".
E isso me fez lembrar de um tio meu, que desde que me entendo por gente, sempre foi careca. Aí, esse meu tio se separou, arrumou uma nova namorada ( obviamente) centos anos mais nova que ele. Por ele ser muito claro e sempre ter praticado esportes no sol, a pele do rosto não estava lá assim, digamos, jovial o suficiente para "segurar" a tal namorada( na boa, ele tava era MUITO caído... rs).
Ele sabendo que a minha mãe havia feito uma plástica pediu que ela marcasse um horário para ele, que queria fazer uma também.Mamãe assim o fez e ele foi lá prá casa para a tal consulta( morávamos no Rio na época e ele aqui em BH). No dia que ele chegou, chegamos em casa, meu pai e eu e fomos cumprimentá-lo. Ele estava de costas, apreciando a vista( morávamos em São Conrado e de nosso apartamento tinha-se uma vista de uma nesguinha da praia. Era pouco,mas era lindona!). Quando ele se virou para nos cumprimentar tomamos um susto. Ele estava usando o que na época era o "grito da moda"( grito mesmo, um susto!), um tal de Interlace( acho que era isso mesmo), que vinha a ser uma peruca interlaçada com os (poucos) próprios fios. Só que a dele tinha direito a TOPETE à la Elvis e tudo! Foi um susto, vocês não têm idéia!
Foi duro fazer cara de "tá tudo normal, nem estranhei" e cumprimentá-lo na boa. Mas o melhor, que me fez passar mal, foi encontrar o meu pai, literalmente dentro do armário dele, enfiado no meio dos ternos, onde ele pode abafar as gargalhadas! E eu me juntei a ele para isso, porque tava difícil demais de segurar o riso!!

10 comentários:

Lê... disse...

Lindona,to rindo muiito do seu tio!!!

Um amigo meu tbm fez,tadinho(!),cabeça dele ficou parecendo aqueles ralos de queijo,sabe?cheio de furinhos e,pior,o cabelo não cresceu não!rsrsrs

Ahhhh eu sou a visitante numero 1000 do seu blog!!rsrss
Sempre quis ser mil em alguma coisa,taí...não devemos mesmo desistir 'dos sonhos'!!rsss

beijo

Evandro Varella disse...

Caraca que comédia esse tio... não tem uma foto dele aí não??? maldade né... melhor deixar assim anônimo, rsss
Aqui esse método de implante vai fazer o maior sucesso, eu conheço uma pá de gente que vai nadar de braçada.
Abração e respire muito azulll!
Vavá

Paula disse...

Humm, é o tio que eu tô pensando? Dizem que hoje em dia esses implantes melhoraram muito, mas, não sei não, eu acho que fica igual uma plantação de salsinha...

beijos

Vanna disse...

rsrsrsrsrs
Nossa, nem sei o q seria d mim na tua situação pois tenho o riso frouxo.
Bjs, lindo fim d semana.

BRUNO LEONARDO disse...

Oi,linda
Eu vi o tal rapaz experimentando a nova revolução contra a calvície..."cabelinho voando ao vento"...menos uma preocupação para nós homens com tendências ...rs

Mas,essa do seu tio foi boa..ou vc exagerou ao entrar no armário??Se fosse eu acho que riria na lata...hauhauhau

bjs

Lilian Devlin disse...

Lê, que bom que eu lhe trouxe "sorte" em algo!Viu, a milésima e isso não é pouca coisa não!
Evandro, eu até tenho fotos engraçadíssimas desse meu tio, onde a minha dona de um cabelão enorme, toda vez que encontra com ele, faz questão de tirar uma foto, usando o seu cabelão nele como peruca! Mas é melhor deixar que essas fotos fiquem no recesso do meu lar... rsrs
Paula, o "tio" é realmente quem vc tá pensando.Vc conhece e até já passamos um reveillon( que merece um post) na fazenda dele... rs
Vanna, foi complicado segurar, mas por amor, a gente consegue né?
Bruno lindão, eu não exagerei nem um tico, isso é com vc, sempre! E como eu falei prá Vanna, foi difícil segurar, mas conseguimos!
Beijos procês todos!!

Lilian Devlin disse...

E esqueci de comentar que estou naquela fase do mês que chamo poeticamente de Outono, onde as folhas caem e caem no meu colo, na mesa, na cabeça etc e tal( trabalho em Departº Pessoal...rs) e muito sem ter como visitar amigos. Portanto, mil desculpas pela ausência!
Beijos de novo, procês!

Marcelo disse...

mas sabe de uma coisa Lilian, isso de perder cabelo, ficar esbranquiçado o que resta, enrugar, ficar flácido e etc... é algo que mexe para caramba com a cabeça do homem.

O homem é um caçador por natureza, admitir que esses sinais são marcas de que o caçador pede aposentadoria é cruel... serio... envelhecer é f#$%oda.

Eu nunca fui vaidoso (tenho 37), mas quando comecei a sentir o peso dos 30 (é.. ele existe) me deu uma paranóia... tomei fenasterida para crescer cabelo, pintei os fios brancos, aumentei o ritmo de malhação para ficar mais sarado... nossa..

Aí passa... É só uma crise para a maioria dos homens.

Tem um filme que mostra bem essa realidade masculina... Se não viu, veja:
Beleza americana.

Muito bom.

Maldita Futebol Clube disse...

Cara, não tem segredo...quando a idade chega, o lance é relaxar, eu tenho poucos cabelos, mas corro todo dia e procuro me manter em forma e com saúde. Sempre que posso uma ida ao dentistae ao cardiologista. Não tenho problemas, prefiro prevenir a remediar e tô na boa, tô na área, alias o q vc acha?(rs, muitos!)...ó o programa tá no ar on line no site escuta lá.... qt a vaidade todo homem tem.... só a esconde o máximo possível...

Lê... disse...

Oiê

Passando rapidinho pra um bjo nos dois.

Boa semana,querida!